• ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    sexta-feira, 12 de maio de 2017

    Suspeito de matar jornalista em Porto Alegre é preso.

    (Foto: Reprodução/Facebook)
    Foi preso na Serra gaúcha o suspeito de ter matado o jornalista Tagliene Padilha da Cruz, de 33 anos, informou na manhã desta sexta-feira (12) a Polícia Civil. A vítima foi encontrada morta em casa na Avenida João Pessoa, em Porto Alegre, no último dia 24 de abril.


    Após o crime, vizinhos relataram à polícia que um homem vestindo capuz e carregando uma mochila foi visto saindo do prédio onde a vítima vivia. Ele chegou a dizer aos moradores que teria esquecido a senha para a liberação da porta principal do prédio.

    O notebook, o celular e roupas da vítima foram levadas pelo suspeito. Conforme a delegada Roberta Mariana Bertoldo da Silva, o apartamento estava revirado.


    Tagliene morava sozinho. O namorado dele, que mora no Rio de Janeiro, e amigos, ficaram preocupados após não conseguirem contato com o jornalista na noite do dia 24 de abril. Duas amigas foram até o prédio e, com uma chave reserva, entraram no apartamento e o encontraram sem vida, enrolado em um edredom.

    Conforme a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), a vítima apresentava várias perfurações pelo corpo.


    Quer receber notícias direto no seu whatsapp sobre diversos assuntos? Então envie a palavra 'NOTÍCIA' para o número (92) 9-8133-6948 e pronto! Não é grupo e este serviço é totalmente gratuito.

    Policial

    Entretenimento

    Hora da Venenosa